Se você não conseguir visualizar as tarefas, você precisa instalar o Adobe Reader no seu computador. Para baixá-lo, clique aqui.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

8º Ano: Números Reais

Fonte: http://www.mundoeducacao.com.br 
Os números irracionais surgiram de aplicações práticas geométricas e aritméticas, como o problema clássico do cálculo do valor da diagonal do quadrado de lado 1, ou o quociente entre o comprimento de uma circunferência e o seu próprio diâmetro. Em tais problemas, nunca se chegava a nenhum valor inteiro, mas foi em 1872 que o matemático alemão Dedekind (1831-1916) fez entrar na Aritmética de forma rigorosa o número irracional que já era conhecido da Geometria há muitos e muitos séculos.

Dentre os números irracionais, os mais conhecidos são as raízes de números que não são quadrados perfeitos e os seguintes valores matemáticos:

  • p (pi), que vale 3,1415926535897932384626433832795028841971693993751...;
  • (fi, o "número de ouro"), que vale 1,6180339887...;
  • e (número de Euler ou número neperiano), que vale 2,7182818284590452353602874... .

Fonte: http://www.marlontenorio.com
Veja logo abaixo os valores de duas raízes quadradas muito utilizadas:

  • 2: 1,4142135623730950488016887242097...;
  • 3: 1,7320508075688772935274463415059... .

Segue logo abaixo a lista de exercícios sobre números reais:

  • Nóbrega: clique aqui.

Bom trabalho!

Fontes: 
GRUPO VIRTUOUS. Origem dos números irracionais. In: Só Matemática. Porto Alegre. http://www.somatematica.com.br/irracionais.php
NOÉ, Marcos. Números Irracionais. In: Alunos Online. Aparecida de Goiânia. http://www.alunosonline.com.br/matematica/numeros-irracionais.html
UNIVERSIDADE DE LISBOA. Faculdade de Ciências. Números Irracionais. Lisboa. http://www.educ.fc.ul.pt/icm/icm99/icm17/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários impertinentes e ofensivos serão ignorados.

Postar um comentário